Conheça o que você precisa saber sobre LGPD em indústrias

Atualizado: Mai 20



O desenvolvimento da indústria no Brasil tem no tratamento de dados um fundamento importante, cabendo á ela a segurança das informações pessoais de seus clientes e funcionários. E a LGPD chegou para isso para ajudar na proteção desses dados evitando problemas futuros para as indústrias. O objetivo da lei é oferecer mais privacidade, segurança e controle dos dados pessoais dos usuários, ela também tem a função de esclarecer quanto uma empresa pode armazenar, processar e transferir esses dados.

A LGPD é considerada um grande avanço para a segurança de informações pessoais no Brasil. Ela fornece mais controle e privacidade ao usuário, por meio de normas que ditam como as industrias devem armazenar e trata-los. O usuário precisa autorizar o uso de seus dados, podendo cancelar esse contrato a qualquer momento.


Por que as indústrias devem se render á LGPD?


É bem comum em indústrias, que vários processos de negócios dependem exclusivamente do uso das informações pessoais de seus clientes. Com a chegada da nova lei, as indústrias podem continuar usando essas informações, mas elas devem estar em conformidade total com a nova lei, respeitando todas as suas normas, e seus clientes. Antes de qualquer armazenamento de dados, o seu usuário deve autorizar de forma clara e objetivo o seu consentimento para a coleta de suas informações e para quais finalidades elas podem ser usadas, sua indústria deve respeitar tudo que está escrito neste consentimento. E não esqueça, o usuário pode revogar esta autorização quando ele bem quiser, tendo ele total autonomia sobre suas informações.


Benefícios e consequências


Para as indústrias que implementarem a nova lei, ela oferece uma série de benefícios para ajudar a sua indústria diante do mercado, além de se livrar das multas que podem ser ocasionadas pela não implementação da lei, mas disso falamos daqui a pouco, outros benefícios são: a transparência no relacionamento da sua indústria com seus clientes e fornecedores, podendo gerar novos parceiros e colaboradores, também será garantindo uma redução significativa nos riscos de violação, consequentemente melhorando a reputação da sua indústria ganhando um destaque em relação a concorrência, e a melhora e organização dos dados pessoais dos usuários.

Como já foi dito acima, existem uma série de consequências caso a sua indústria deixe de implementar a nova lei, ou algum dado pessoal seja vazado. Para ajudar na supervisão da lei em industrias a LGPD criou a ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados), e é esse órgão que aplicará as sanções da lei. Num primeiro momento, a ANPD pode apenas aplicar uma advertência, dando um prazo (definido por ela) para que a indústria corrija todos os erros. Caso o erro não seja solucionado, ou o vazamento de informação for confirmado a lei cobrará uma multa mensal equivalente á 2% do faturamento anual da sua indústria, esse valor não podendo ultrapassar á 50 milhões de reais. Além do prejuízo financeiro, a indústria também arcará com o prejuízo reputado, ou seja, a perca de reputação, perdendo seus clientes para a concorrência. Os dados armazenados serão bloqueados, e em alguns casos podendo até ser excluídos.


Métodos de implementação


Para que a sua indústria consiga implementar corretamente a LGPD, ela deve seguir uma série de passos e contratar um especialista na nova lei para auxilia-lo. Esse especialista pode ser um consultor, advogado, in-houses ou a empresa Tutelas Soluções. Para a contratação desse profissional você deve levar em consideração o tempo que ele levará para aplicar a nova lei, e o valor que a sua indústria irá investir nele. Por exemplo, um consultor externo levará cerca de 3 á 5 meses para adaptar a sua empresa nas normas da lei, podendo cobrar de R$ 40.000,00 á R$ 50.000,00. Caso você contrate a empresa Tutelas Soluções, o preço da implementação é de R$ 1.799 e leva menos de um mês para a implementação completa. você deve analisar todas as propostas, de todos os profissionais e optar por aquele que caiba no seu bolso e que não demore para implementar. Além disso, na Tutelas você tem uma consulta com um especialista em LGPD.

Existe também a escolha de você querer implementar sozinho, existindo dois caminhos a partir dessa opção: se utilizar de modelos prontos na internet, ou adquirir uma solução paga para auxiliar na implementação. Se quer um conselho, a melhor solução é paga porque o auxilio será com um especialista tendo uma redução de chances de acontecer erros, se optar por documentos na internet a chances de erro é muito maior, e por isso poderá sofrer as consequências impostas pela lei, que você leu acima.


Conclusão


Este artigo trazemos as principais informações sobre LGPD em industrias. Além deste artigo, você pode acessar nosso site para obter todas informações em detalhes.


Posts recentes

Ver tudo