Quanto tempo leva para implementar a LGPD em associações?

Atualizado: Jul 20

Primeiramente, todos os assuntos relacionados com a Lei Geral de Proteção de Dados são totalmente novos e causa muitas dúvidas entre os sócios das empresas, como também nos próprios advogados e consultores.


Como já mencionado no artigo "Como implementar a LGPD em associações", o projeto de implementação depende de diversos fatores, de modo que tenha impactos no custo do projeto, bem como no tempo que irá ser necessário para a efetiva adequação da associação aos parâmetros da lei.


Além disto, a dúvida sobre quanto tempo leva para adequar uma associação, é consequência do grande receio que as essas entidades tem em receber sanções pre


vistas na lei, ou até mesmo um possível processo judicial, ou outras consequências já debatidas em outro artigo. Clique aqui para saber mais sobre as consequências que a não adequação à LGPD pode trazer para a associação.


Sendo assim, o presente artigo foi feito para explicar e trar parâmetros de tempo para a implementação do projeto da LGPD. Abaixo, falaremos sobre os pontos básicos e necessários que influenciam diretamente nesse quesito.



1- Método de Implementação do Projeto

Este ponto é destinado à escolha do método de implementação do projeto da LGPD, pois pode ser feito com o auxílio de um advogado/consultor ou pode ser feito pela própria associação por meio de cursos e materiais prontos, em razão da não especificação da lei em apontar um indivíduo responsável pela adequação.


Quando o projeto é feito por um advogado ou consultor, a tendência é ter prazos bem estabelecidos, em razão do maior conhecimento, habilidade e técnica para desenvolver tal projeto.

Em contrapartida, quando o projeto é implementado pelos p


róprios colaboradores tem uma maior tendência de requerer mais tempo, pois será necessário aprender sobre a lei através de cursos, saber os requisitos exigidos, como documentar, tendo em vista que podem surgir dúvidas maiores, que levam maior tempo para serem solucionadas.

Vale mencionar também, que quando a escolha é realizar a implementação através da própria associação, é de extrema importância procurar materiais de qualidade e que sejam confiáveis, pois com a grande oferta desse tipo de serviço, pode causar erros e consequências duras no futuro.


2- Características da Associação

As características da associação também são


muito impactantes para o projeto da LGPD, porquê tais fatores podem estabelecer o tempo necessário, e até mesmo o custo que essa adequação irá trazer, independentemente da escolha do método descrito acima.

Essas características, são voltadas à associação propriamente dita, por exemplo: a abrangência, o ramo de atuação, a quantidade de setores, a quantidade de dados pessoais coletados, quais as atividades que a associação fornece e assim por diante.

Isto ocorre, porque quanto mais evidentes essas características forem, irá necessitar de um maior tempo para implementação, devido os cuidados redobrados para a adequação da lei, sem que deixe lacunas.


3- Cooperação da Associação ao Projeto


da LGPD

Este item, está totalmente ligado à equipe do projeto, desenvolvedores, setores da associação e assim por diante. Mas a pergunta que surge neste ponto é: Qual a importância da cooperação da própria associação para realizar o projeto de implementação?

Para responder tal questão, é preciso ter em mente que para a execução do projeto, é necessário que os setores da associação colaborem, de modo que forneçam as informações necessárias, participem do projeto quando necessário. Sendo que isso deve ocorrer tanto para qualquer um dos métodos escolhidos no item 1.



Veja que para executar o projeto, precisará de uma equipe (líder, desenvolvedor de documentos, e assim sucessivamente). A equipe do projeto, por muitas vezes não tem conhecimento detalhado de cada um dos setores, tendo em vista que somente os profissionais de cada setor conhece profundamente as funções e responsabilidades.

Sendo assim, se a equipe responsável pelo setor, não coopera com a equipe do projeto, fica impossível dar andamento à adequação, uma vez que sem as informações necessárias, não é possível concluir as etapas, ensejando então atrasos.

Logo, conclui-se que a execução do projeto de implementação dentro das


associações não irá depender apenas da equipe do projeto, mas sim da equipe da associação como um todo, para que evite atrasos e lacunas.


Para finalizar, é necessário apontar que cada um desses itens são um decorrentes do outro, de modo que todos eles podem causar atrasos ou maior agilidade no projeto.

Desta forma, o tempo de adequação da associação à lei, irá depender profundamente desses itens, de modo com que esse tempo pode variar de 3 meses à 12 meses.


Contudo, a Tutelas criou uma série de documentos para auxiliar a implementação da LGPD em associações em apenas 4 semanas, justamente para prevenir possíveis advertências e reduzir esse tempo. Gostou do nosso conteúdo e quer saber mais? Clique aqui


Posts recentes

Ver tudo