Quanto tempo leva para implementar LGPD em fintechs?

Atualizado: Mai 19


A Lei Geral de Proteção de Dados, LGPD, está buscando estabelecer um padrão de privacidade e proteção de dados para todos os setores, inclusive o financeiro.

O campo financeiro já possuía leis especificas que assegurava a proteção dos dados dos seus usuários, mas desde a vigência da LGPD, este setor também deve passar por adequações para garantir a segurança dessas informações. E assim as novas empresas do ramo financeiro as chamadas fintechs também devem se adaptar á nova lei.


Fintechs, o que são?


A palavra "fintech", vem da junção de duas palavras: Financial (financeiro) e technology (tecnologia), e são empresas que nasceram para inovar o mercado financeiro, tendo a tecnologia como seu principal aliado.

Essa inovação está relacionada a vários setores do ramo financeiro, de pagamentos a investimentos, trazendo um ar moderno e tecnológico, facilitando a vida de seus usuários.

Como é possível essa facilidade? Simples, os usuários das fintechs podem controlar suas finanças totalmente usando o seu celular, sem precisar ir em uma agência bancária.

Essas empresas de fintech tem diferentes produtos, como cartão de crédito e/ou débito, conta digital, seguros, empréstimos... E normalmente não possuem espaço físico, ou seja, são inteiramente digitais.

Qual o tempo de implementação da LGPD em fintechs?


Quanto tempo se leva para implementar a LGPD, é um fator importante que todas as empresas de fintech devem se questionar, afinal trata-se da segurança financeira de milhares de pessoas. Este tempo depende do serviço que você for contratar para ajudar nessa implementação.

Por exemplo, caso você contrate um consultor externo ele pode levar cerca de 3 a 5 meses para adaptar sua fintech nas normas e leis da LGPD. Praticamente o mesmo acontece com escritórios de advocacia, eles demoram por volta de 4 a 8 meses, para a sua empresa estar em conformidade.

Além dos dois exemplos acima, as agências In-house também podem ajudar na implementação da LGPD. Essas são agências de publicidade, que ficam organizadas dentro da empresa contratante, usando todos os esforços para o benefício de um cliente, a empresa. No caso da LGPD, essas agências In-house demoram cerca de 8 a 10 meses pela implementação correta da lei em sua fintech.

E existe ainda a Tutelas Soluções, uma empresa que te ajuda a implementar de uma maneira mais fácil e rápida a LGPD em sua Fintech. A Tutelas disponibiliza todos os documentos para você estar de acordo com a lei, e ele são completamente editáveis, sua única função é colocar as informações da sua fintech nestes documentos. O tempo que a Tutelas leva é de 4 semanas, e você ainda consegue ter acesso á uma consultoria com um especialista em LGPD.


É possível implementar sozinho?


Não vou mentir, é possível sim. Porém, a probabilidade da implementação não estar correta no final é altíssima.

Os funcionários responsáveis por fazer essa implementação, devem ter pleno entendimento da lei, além disso eles terão que gastar todo o seu tempo na adaptação do banco de dados, consequentemente deixando suas respectivas funções pausadas, assim gerando o atraso na sua produção e prejudicando a sua fintech.

Neste mesmo sentido, sua fintech tem mais chances de ter 5 vezes mais erros do que se tivesse contratado um especialista, por esse motivo, as consequências da implementação errada podem gerar ainda mais prejuízos para sua fintech.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo